quinta-feira, março 12, 2009

PARTICULARIDADES!!!!!



"Ainda que eu nao saiba explicar, sei que tudo que Deus faz é para o meu bem!"

Se tem uma das coisas interessantes e fantásticas no ser humano sao as suas particularidades e diferencas um do outro.
Para quem me conhece nao é novidade, mas eu gosto demais dos temperos e especiarias da comida indiana.
E, nao só da India, mas da comida aonde se pode preparar pratos com um arsenal de misturas que acaba virando uma obra de arte.
Sim, eu adoro cozinhar, convidar pessoas para provarem das minhas iguarias.

Estudei a arte dos alimentos e suas características lendo e pesquisando muito.
Aqui na cidade aonde estou, na Alemanha, eu dou preferencia e faco uma homenagem a este restaurante indiano que é bárbaro.
Um ambiente acolhedor, com uma essencia característica que enebria o ar.
Coisas sui-generis, cheias de detalhes que eu curto muito.

Receita

Camarao Indiano

1 k de camarao (ou 1/2 de soja texturizada-hidratada) porque sou vegetariana
Suco de 1 limao siciliano (porque é mais perfumado)
1 cebola grande picada
2 tomates sem pele e sem semente picados
4 colheres sopa de azeite de Oliva
1 xícara de chá de leite de coco (light?)
1 colher de sopa de curry + 1 colher de sopa de Garam masala (tempero indiano)
sal a gosto

Temperar o camarao ou a proteína de soja, com sal e limao.
Em uma panela aquecer o azeite de Oliva para refogar a cebola e o tomate.
Acrescente o camarao (ou a proteína), mexendo sem parar por 1 minuto + ou -
Junte em seguida o leite de coco, o curry e o Garam Masala
Coloque um pouco mais de sal, se achar que é preciso.
Espere ferver, cozinhe por apenas mais 2-3 minutos e sirva em seguida.
Pode enfeitar com lascas de coco.
(servir com arroz integral-de preferencia) ou batatas cozidas.

Se tu quiseres fazer tua própria Masala, aqui vai uma dica:-
4 colheres de sopa de coentro em grão- 2 colheres de sopa de cominho em grão- 2 colheres de sopa de pimenta do reino em grão- 2 colheres de sobremesa de cardamomo- 1 colher de sobremesa de cravo-da-índia- 1 pimenta malagueta seca- 2 paus de canela- 1 colher de sobremesa de noz moscada ralada
Modo de Fazer:Torre todos os ingredientes numa frigideira larga. Depois de torradas, mantenha ainda em fogo médio por aproximadamente 3 minutos, para que torrem por igual. Coloque-as para esfriar em papel toalha e triture-as em um moedor ou pilão
até virar pó. (http://www.saboreseletras.com.br/)


Uma dica minha: Cozinhe este prato. Convide um amigo para degustar contigo. E agradeca a Deus o teu paladar, algo que eu só tenho na minha memória gustativa, porque nao tenho as glandulas salivares, (elas deixaram de existir após o tratamento intenso com a radioterapia), e viva o amor genuínamente falando!!!!Nao te preocupes com os problemas do dia a dia, ultrapassa as barreiras da raiva, do desgosto, das mágoas, e verás que do outro lado existem coisas lindas para serem vividas!!!

Até!!!!!!!
Posted by Picasa

22 comentários:

Anônimo disse...

Oi linda,

Louvado seja Deus pelo grande livramento que mais uma vez lhe deu. Assim é o Deus que servimos - nunca dorme e/ou nos desampara. Quanto aos alimentos indianos, confesso que fiquei surpresa, pois achava exóticos demais para meu gosto. Sou carnívora renitente (rrs).

Não volta mais para o Brasil não, é?

Smack!

Edimar Suely
jesusminharocha.blig.ig.com.br

JC disse...

Sou apreciador de comida indiana, pena é que na zona onde resido não há restaurantes de comida indiana.
Só na altura do Verão o posso fazer, porque para onde vou passar férias, aí sim há vários.
Como é bom estarmos com amigos à volta de uma mesa, saboreando e bom prato e batendo dois dedos de convera.
Beijinhos

Multiolhares disse...

fiquei com vontade de experimentar, obrigada pela dica
beijos

Nova Evangelização disse...

+ + +

Querida Irmã Marlene

[Se me permites, passo por cima do "camarão indiano", pois não há tempo a perder :)]...

Tal e qual - como bem dizes na tua mensagem gentilmente deixada no N.E.C.
Obrigado por tudo, uma vez mais.

Precisamos de pessoas como Você e como o bom Júlio Severo.
Precisamos de sacerdotes e pastores rectos e puros, como o Rev. Pe. Nuno Serras Pereira.
Precisamos de heróis e santos como o Beato Nuno de Santa Maria.
Mais do que nunca.

Basta de cristãos mornos, de padres e pastores tíbios, de bispos e cardeais modernistas e dissidentes - que se procupam mais com os bens materiais e temporais do que com os espirituais e eternos!
Nestas coisas de Cristianismo, não há meios termos: Ou se é, ou se não é. 'Sim/sim, não/não'.

Custa-me tanto criticar (mesmo construtivamente) certos cristãos, e particularmente certos padres e bispos vanguardistas e relativistas, que não são carne nem peixe, que tentam agradar a gregos e a troainos, sobretudo para ficarem bem vistos ou para não criarem problemas a si próprios, contra a Palavra e a Vontade de Deus.

Paciência, do mal o menos; pois não andamos neste mundo para agradar aos homens (em primeiro lugar), mas sobretudo a Deus, ou unicamente ao Senhor Jesus.
Quem assim não pensar nem agir, vai por maus caminhos, mau grado para todos nós, na medida em que todos fazemos parte do Corpo Místico de Cristo, quer acreditemos ou não.
A estrada que leva ao Inferno é larga e escorregadia, fácil e prazeirosa. E tantos por ela caminham, como cabritos para o abismo!

Não é por não acreditarmos que Deus e a Sua Justiça deixam de existir, assim como a Sua infinita Misericórdia.
Idem para todas as Verdades eternas.
Deus não mente nem exagera, nem permite isso a ninguém.

Deus permite justos castigos e tribulações (ou provações) quase só para o supremo bem e salvação espirituais - raramente materiais e corporais, ao contrário do que tantos desejam -, e jamais permite o mal, sendo este da inteira responsabilidade dos homens perversos.

Se formos castigados pelos nossos delitos e pecados neste mundo, dêmos graças a Deus, pois mais vale mil punições extremas neste mundo (mesmo parecendo-nos injustas) do que a eterna condenação.
Ele mesmo padeceu na carne e no espírito, sendo inocentíssimo e puríssimo, as piores dores e humilhações - que jamais ninguém sofreu, tão cruel e dolorosamente, nomeadamente a morte de cruz! -, por todos nós, só por Amor.

E, como Ele disse, 'o discípulo não é mais que o Mestre'.
Por isso, como aliás aconteceu como todos os Seus Apóstolos, devemos imitá-Lo em tudo o que estiver ao nosso alcance, pois mesmo assim fazemos muito pouco.
Ai de quem não colaborar, desperdiçando ou enterrando os talentos por Deus confiados!

Muitas vezes sofremos pelos outros, assim como por nós próprios, mas que isso nunca nos leve ao desânimo e muito menos ao desespero, antes pelo contrário.
Se tivermos de calar-nos, pelo silêncio positivo - tal como aconteceu com Jesus diante de Pilatos, de Caifás e Herodes -, muito bem, santo silêncio, mas nunca pactuando com o mal, por menos negativo ou inócuo que nos pareça.
Mesmo os pequenos defeitos e leviandades levam-nos a grandes faltas e delitos, por vezes a terríveis vícios e pecados.
Aliás, é assim mesmo que tudo começa, desde a mais tenra idade.

Que grande responsabilidade têm os pais e educadores, os pedagogos e professores, tanto para o bem como para o mal!
Assim como os governantes e chefes de Estado.
Que grande responsabilidade têm os meios de comunição social: a imprensa, a rádio, a internet e sobretudo a televisão!

V/. Nós Vos adoramos e bendizenmos, Senhor Jesus;
R/. Que pela Vossa santa Cruz redimistes o mundo!

Saudações quaresmais para ti e para a tua família e amigos, sempre por Jesus Divino Mestre.
J. Mariano
-

Lucas Soares disse...

Essa comida deve ser muito boa mesmo...
Sinceramente nunca tinha parado para agradecer a Deus pelo paladar. (Não tinha percebido que poderia não o ter).
Obrigado pela mensagem. Foi construtiva para mim.
Felicidades!!!
=)

Anita disse...

Amizades verdadeiras são como raras essências, envolvem-nos em carinho e suprem nossas carências!!!

Oh amiga cheguei tarde, pois ontem o nosso jantar foi caril de camarão, mas já tirei nota e da proxima vez vou experimentar esta deliciosa receita.
Obrigada pelas dicas...

Um dia maravilhoso e cheio de Luz.
Bom fim de semana.
Beijinhosss
Fica bem. Fica com Deus.
Anita (amor fraternnal)

Luis F disse...

Como gostei de ler...

Os meus parabéns por este momento aqui deixado e partilhado.

Todos os que aqui visitam, ficam mais ricos.

Com amizade
Luis

O Profeta disse...

Para lá desta janela sincera
Mora a luz radiosa, inconstante
Esta Lira liberta uma breve melodia
Que a brisa carrega adiante

Passos amedrontados
Olhos abertos sem vida, sem fervor
Sons mais que mil e muitos
Máscara da ironia de Deus superior

Bom fim de semana


Mágico beijo

Metamorfose disse...

Minha amiga, temos gostos em comum, adoro comida indiana e infelizmente aonde vivo, só se eu cozinhar porque ainda não temos restaurante indiano. Vou experimentar os teus camarões.
Bom fim de semana, beijo.

Carol Santos disse...

Oii,
obrigada pela visita. Sou uma negação pra culinária, mas minha mãe adorou.
Parabéns pelo blog, lay legal

=*

Dennys Reys disse...

Adoro camarão seja do jeito que for....
Receita deliciosa....

Abraços

Marcus Henrick disse...

Deve ser uma delicia mesmo essa receita ..

Receba meu ABRAÇO !!
SEMANA TRANSBORDANTE ..
TÚ és OVELHA ELE TE LEVA A PASTOS
VERDEJANTES e ÁGUAS TRANQUILAS..
=)

Alvaro Gonçalves disse...

Boa noite meu anjo, venho passando para te deixar um carinho, e dizer-te que dou graças a Deus por estares bem, nada acontece por acaso tudo sempre tem uma razão de ser e aí estás tu para o confirmares meu anjo.
Te adoro amiga.
Que Deus continue abençoando a ti e toda a tua linda familia amiga.
Beijooooooooooooos

Angel Luis González disse...

Dios le bendiga mucho.Gacia adelante en Cristo.

gaivota disse...

gosto tanto de culinária, de fazer e de comer estas coisas boas...
hei-de experimentar um dia deste e depois digo-te!
obrigada, fica a ideia e a receita..
beijinhos

Ailime disse...

Querida Marlene,
Este prato deve ser excelente.
Um dia destes vou experimentar fazê-lo.
Que Deus lhe continue a dar essa força maravilhosa e que a sua estada na Alemanha continue muito feliz.
Um grande beijinho.

Adriana Rangel disse...

Parabens pelo blog..adorei as dicas.Deus te abencoe!

Anônimo disse...

passei por cá...
God bless you,
T.

Viviana disse...

Querida Marlene,

Grande surpresa!

Não imaginva que a minha linda amiga, apreciava assim tanto a comida indiana!

O aspecto é óptimo!

Agradeço a sua paciência e simpatia em passar-nos as receitas.

Muito obrigada.

Tenha uma semana muito abençoada.

Que o nosso Pai de Amor e Bondade, sempre a esteja orientando, protegendo e abençoando.

Um grande e carinhoso abraço

viviana

Sol da meia noite disse...

Muito saboroso este post...!!!
:-)

Querida, deixo mil jinhos, com carinho * * * * * *

Cadinho RoCo disse...

Não há nada que supere o amor este aí que você cita no final da publicação e não aquele restrito às conquistas juvenis e todo interferido por equívocos próprios de quem ainda não percebeu que ele, o amor, não se permite a arranjos ou estratégias inspiradas pela conveniência.
Cadinho RoCo

Martin disse...

muito muito muito ... bon!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...