quinta-feira, março 23, 2006

JOÃO 15.7-8 E POSICIONAMENTO

"Se vós estiverdes em mim, e as minhas palavras estiverem em vós,
pedireis tudo o que quiserdes e vos será feito. Nisto é glorificado meu
Pai, que deis muito fruto; e assim sereis meus discípulos." Jo 15.7-8

"Se dimorate in me e le mie parole dimorano in voi,
domandate quel che volete e vi sarà faatto. In questo è glorificato il
Padre mio, che portiate molto frutto,e cosi sarete miei discepoli."Gv15.7-8

"If you remain in me and my words remain in you,
ask whatever you wish, and it will be given you.
This is to my father´s glory, that you bear much fruit,
showing yourselves to be my disciples." John 15.7-8

"Si permanecéis en mí, y mis palabras permanecen en vosotros,
pedid todo lo que queráis, y os será hecho.
En esto es glorificado mi Padre, en que llevéis mucho fruto, y
seáis, así mis discípulos." Jn 15.7-8

Precisamos somente ler, estudar e meditar em tão ricas palavras para
fazer a vontade do Pai e sermos, através disso, ricamente abençoados.
Alguns dirão: Isto seria bom, mas não tenho tempo!

E eu pergunto: Já tomaste café hoje pela manhã? Já leste o jornal?
O que deste prioridade na tua vida antes de ir ao trabalho ou a qualquer
outro lugar?

Entregar a Jesus nosso primeiro pensamento, nossa primeira palavra,
nosso amor, ler a sua palavra pelo menos em 2 ou 3 versículos diários,
isto vai dando, vagarosamente, uma intimidade maior com Ele,
Mais dali há alguns dias, o Espírito Santo vai fazendo a obra no teu
interior e estarás em falta se não um dia não o fizeres.
Vamos ficando um com o Pai, e assim colheremos os frutos.
Quanto mais leitura, mais intimidade, mais fruto, mais vitória!
Quando digo vitória, não é somente de coisas que queremos adquirir,
mas de um aprendizado aonde possamos notar a presença de Cristo a
influenciar nossas atitudes, nosso caráter, nossa maneira de viver.

Falo de uma maneira simples, mas é o dia a dia na presença do Pai
que nos faz feliz, e ter a certeza de que temos alguém a cuidar de nós e
que não nos abandona em momento algum, um minuto sequer.
Alguém importante e que dá ordens a seus anjos a nosso respeito.
Se pudessemos ver, presenciar, os livramentos diários que temos na nossa vida
e que o nosso Deus está presente, certamente ficaríamos envergonhados.
Ou será que daríamos mais valor?
e então seríamos como Tomé: ver para crer?
Vamos ler e meditar mais na sua palavra???
É melhor crer sem ver!
Com certeza estará em nós tomar este posicionamento.

Até!

5 comentários:

Marili disse...

Excelente a mensagem de hoje pois a amor é simples assim como Deus, que é amor, é todo simples.
Não precisamos complicar nada, basta viver a vida de maneira simples, vivendo-a desta maneira, você viverá todas as coisas de maneira profunda. Porque o que é profundo é simples.
beijocass, ;-)

Bunny disse...

Linda esta passagem!
E realmente é verdade...se Deus dá tanto dEle a nós, nós tambem deveriamos fazer o mesmo!
Um beijinho enorme de Portugal e que Deus te abençoe.
Quando puderes envia-me por favor a leitura que me deixaste no Blog.
Rita
http://piolhinhobunny.blogspot.com

Catarina Agostinho disse...

OLÁ
ADOREI O TEU BLOG!
JÁ TE TINHA ADICIONADO! VOU PASSAR A VISITÁ-LO! ADOREI SEUS POSTS!
BEIJOKAS
CATARINA E JOÃO

Nova Evangelização disse...

Prezada Marlene

Obrigado pela sua visita, e por ter dado alguma força ao novo colaborador do blog, António M.

Aprecio sempre a generosidade e solidariedade, seja de quem for, mas em particular de uma boa Cristã como Você.

Oxalá a maioria dos cristãos fosse assim dedicada e espontânea, e o mundo estaria sem dúvida muito melhor.
Mas infelizmente não é o caso, inclusive entre católicos, o que me preocupa sobremaneira.

Não digo isto porque me considere melhor que os outros, mas porque desejo, de alma e coração, ser um bom Cristão, embora com grandes dificuldades, embora considerando-me ainda muito pecador.

Como saberá, o problema maior do nosso mundo materialista e egoísta não é tanto o ser pecador, frágil e limitado, mas o não reconhecer tais deficiências e misérias, para mais e melhor nos aproximarmos de Deus.

Só Deus pode suprir o que nos falta para conseguirmos amá-Lo e servi-Lo, não como Ele merece (pois nada somos para tal pretensão), mas como nós devemos, e nessa medida estaremos justificando a nossa Fé.

Ele dá-nos condições para sermos bons, quanto nos é possível, pelo que só é mau quem quer, quem rejeita o Criador e a Sua Lei.

E mais, Ele, através de Jesus, resgatou-nos do pecado original, a fim de alcançarmos a eterna Salvação.
Assim, compete a nós fazer a nossa parte, isto é, aceitá-Lo como Senhor e Redentor, custe o que custar, e tentar que os outros façam o mesmo, ainda que não queiram.

Façamos, pois, conforme Ele nos mandou, e o resto será com Ele e com a Sua infinita Misericórdia.

Abraço cristão e português.

José Avlis

Caio Kaiel disse...

Tens razão... a intimidade vai partir de nossa dedicação, pois o Espírito de Deus já a quer e está esperando a nossa parte no relacionamento. E nossas desculpas não justificam nossa distância, mas nossa entrega mostra o que queremos com Ele.

Glória a Deus!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...